Qual a diferença entre vestibular e Enem?

A diferença entre vestibular e Enem está, principalmente, nas faculdades a que cada uma dessas provas dá acesso. Ambas são basicamente exames de processos seletivos para ingresso em cursos de graduação. Vem com a gente, que vamos explicar as principais diferenças entre vestibular e Enem!

Qual a diferença entre vestibular e Enem

O que é Enem?

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a principal porta de entrada para universidades públicas no Brasil por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). A maior parte das universidades federais e estaduais de todo o País já usa o Enem como único processo seletivo.

Cada faculdade que adere ao Sisu como forma de ingresso pode determinar uma nota mínima no Enem para ingresso em cada curso. Os candidatos que atingirem essa nota são convocados a ocupar as vagas por ordem de classificação, ou seja, quanto mais alta for a sua nota no Enem, mais chances você tem de conquistar uma cadeira na sala de aula.

A nota do Enem também dá acesso ao Ensino Superior por meio de outros programas do governo. Além do Sisu, as qualificações para o Prouni e para o Fies também são dadas pela nota do Enem.

Além disso, com a nota do Enem é possível ter acesso a:

  • faculdades particulares sem vestibular;
  • universidades em Portugal;
  • bolsas de estudo.

Formado por um conjunto de provas aplicadas em dois domingos consecutivos, o Enem avalia os saberes dos candidatos em quatro áreas do conhecimento, até o nível do Ensino Médio. Cada área do conhecimento avaliada no Enem abrange uma série de componentes curriculares, que são as matérias estudadas na escola.

Atenção, galera! Com as mudanças do Enem, a partir deste ano não será mais possível obter o certificado de conclusão do Ensino Médio fazendo o Enem. Para essa finalidade, os candidatos devem se inscrever no Encceja.

O que é vestibular?

Vestibular é o nome dados aos processos seletivos de acesso ao Ensino Superior. Ou seja, tecnicamente, o Enem é um tipo de vestibular.

Cada faculdade pode elaborar o seu próprio vestibular para selecionar os alunos qualificados a iniciarem seus estudos na instituição. Além do próprio vestibular, muitas faculdades privadas também aceitam a nota do Enem para avaliar se o candidato está qualificado a ingressar em seus cursos ou não.

Algumas faculdades têm vestibulares tão grandes e tradicionais, que são mais conhecidos pelo nome da banca que aplica e corrige as provas. É o caso dos vestibulares da USP, Unesp e Unicamp, no Estado de São Paulo, por exemplo:

  • Fuvest: vestibular para os cursos da USP;
  • Vunesp: vestibular para os cursos da Unesp;
  • Comvest: vestibular para os cursos da Unicamp.

Fonte: Quero Bolsa