7 novas profissões originadas na ERA DIGITAL


0

Com o advento da informática, foi preciso adaptar a maneira na qual pensamos, agimos, falamos, compramos e nos relacionamos com as outras pessoas.  Isso porque, com a era digital, o conceito de sociedade se expandiu para o ambiente virtual, com isso, passamos a habitar o que chamamos de ciberespaço.

Para o sociólogo contemporâneo Zygmunt Bauman, “nenhuma sociedade que esquece a arte de questionar pode encontrar respostas para os problemas que a afligem”. Pensando em encontrar respostas para as questões da sociedade moderna, novas profissões surgiram para atender melhor às novas demandas da população. 

São postos de trabalho ligados não somente aos equipamentos, hardwares e softwares tecnológicos, mas também ao comportamento humano característico da época.  Se você também ama tecnologia e está em busca de uma carreira promissora, conheça um pouco mais sobre as novas profissões a seguir. 

social media facebook GIF

 

Advogado de novas tecnologias

Na era da informação, profissões tradicionais também precisam se reinventar para fazer sentido diante das culturas contemporâneas. Os advogados são um exemplo de profissionais que antes atuavam em uma determinada dinâmica restrita e que agora precisam dar um novo significado às suas atividades.

O ambiente digital foi incorporado ao meio jurídico e os escritórios passaram a atuar não somente no cenário virtual, mas também a atender crimes virtuais e outras demandas. Com isso, profissionais de direito passaram a utilizar ferramentas inovadoras para desempenhar melhor suas funções, além de investigar e processar atentados realizados no chamado ciberespaço, como invasão de privacidade ou ciberbullying.

Eles ainda precisam ser bacharel em Direito, no entanto, precisam também extrair informações e evidências em aparelhos eletrônicos e averiguar fotos, vídeos, mensagens de texto e históricos da internet. Por isso, é imprescindível que os advogados de novas tecnologias busquem conhecimento e aperfeiçoamento de habilidades técnicas voltadas para a ciência de dados, informática e redes sociais, por exemplo.

Analista de Big Data

Resultado de imagem para analista de big data

 

Hoje em dia muitas de nossas informações estão armazenadas em um banco de dados localizado em sistemas digitais peculiares. Os analistas de Big Data conseguem delinear o perfil social e comportamental de uma pessoa reunindo e interpretando as informações presentes nesse banco de dados.

Com isso, é possível compreender melhor os aspectos sociais, políticos e culturais e até mesmo a tomada de decisão de uma ou um grupo de pessoas. Com essas informações em mãos, organizações dos mais diversos setores passam a traçar melhor o perfil do seu público alvo e, assim, proporcionar as melhores experiências de consumo, seja comércio ou serviço, para seus consumidores, usuários e clientes. 

Para se tornar um analista de Big Data, é interessante que o profissional tenha formação em sistema de dados, engenharias e matemática. Além disso, é importante ter habilidade de interpretar as informações não somente no âmbito estatístico, mas também social. 

Arquiteto de informação

Resultado de imagem para arquiteto de informação

 

O arquiteto de informação é o profissional responsável por alinhar o conteúdo ao contexto e interesse dos usuários nas plataformas digitais como portais eletrônicos, sites e hotsites, e-commerce, ambientes virtuais voltados para ensino a distância, entre outros. Isso significa que todos os textos, áudios, vídeos, imagens e botões presentes em uma plataforma digital foi tecnicamente planejada para permitir que o usuário obtenha o melhor conteúdo disponível, sem comprometer a qualidade e experiência de navegação. 

Todos esses recursos são desenvolvidos e estruturados de modo que o usuário possa acessar de maneira fluida e constante o conteúdo de uma plataforma digital, independente do dispositivo escolhido: computador, tablet, smartphone, entre outros. 

Para atuar como arquiteto de informação, o profissional pode ter formação superior em diferentes áreas como tecnologia da informação, web designer e também comunicação social como jornalismo, publicidade e relações públicas. O importante é que esse profissional desenvolva senso crítico, empático e inclusivo diante dos inúmeros perfis de internautas que estão presentes no ambiente virtual, além de dominar alguns softwares e sistemas de programação.

Biotecnólogo

Resultado de imagem para biotecnologo

 

De olho na saúde da população e na preservação do meio ambiente, surge uma nova demanda de profissionais voltados para a área da biologia. Com isso, foi preciso investir em pesquisas científicas que atendessem às novas demandas da indústria farmacêutica, alimentícia e reciclagem e descarte de resíduos.

Para atender a sociedade moderna, os biotecnólogos se tornaram os profissionais responsáveis de manipular materiais genéticos e biológicos a fim de alinhar tecnologia e inovação à qualidade de vida de um modo geral. Eles são os principais agentes das equipes que estudam e desenvolvem a qualidade dos alimentos, pesquisam e desenvolvem novos remédios e tratamentos para doenças da atualidade e também promovem a sustentabilidade do planeta.

Graduações como ciências biológicas, farmácia, biomedicina e algumas engenharias são os grandes representantes desse setor. Contudo, é importante continuar estudando a área por meio de cursos de extensão, pós-graduação, especialização, mestrado e doutorado.

Desenvolvedor de aplicativos

Resultado de imagem para desenvolvedor de apps

 

Os desenvolvedores de aplicativos são especialistas em criarem os aplicativos de celulares que utilizamos no nosso cotidiano, para as mais diversas finalidades. Além de criar, eles também são responsáveis por planejar a funcionalidade dessas ferramentas, assim como eliminar os problemas derivados das suas aplicações.

Desenvolvedores de aplicativos precisam dominar as linguagens de programação e também conhecer a fundo os principais sistemas operacionais dos dispositivos móveis. Um profissional dessa área tanto pode trabalhar para grandes organizações como também empreender e fundar a sua própria startup, distribuindo suas próprias aplicações. Para trabalhar com desenvolvimento de aplicativos, uma sugestão é aliar uma ou mais graduações como ciências da computação, tecnologia da informação e designer.

Designer de inovação

Resultado de imagem para designer de inovação

 

Para a construção de uma casa inteligente, especialistas em tecnologia criam aparelhos elétricos e eletrônicos que aliam design moderno à funcionalidades inteligentes. A partir disso, surgiu o conceito de internet das coisas, em que cada vez mais aparelhos funcionam de maneira integrada, por comando de voz ou contam com recursos que tornam o cotidiano mais prático e seguro para todos. 

Ele transforma produtos, serviços e atividades do dia a dia em poderosas ferramentas da vida moderna. É o caso dos assistentes virtuais, das pulseiras e relógios inteligentes, dos painéis de controle e até mesmo dos fones sem fios, por exemplo.

Para atuar nessa área que cresce a cada dia, é importante o profissional ser formado principalmente em designer de produtos, mas também desenvolver habilidades ligadas à inovação, tendências, soluções tecnológicas e sistemas de informação. 

Gestor de mídias sociais

Resultado de imagem para social media profissão

 

Popularmente conhecido como “social media”, o gestor de mídias sociais é responsável por planejar, criar e analisar os resultados de todo o conteúdo publicado nas redes sociais. Engana-se aqueles que o trabalho do social media se resume a promover algumas postagens e interagir com os seguidores do Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin…

Eles precisam criar estratégias de comunicação para atrair e manter o público interessado em seus perfis na rede com o propósito de criar relações saudáveis e duradouras entre as empresas, marcas, personalidades e seus públicos de interesse.

Os gestores de mídias sociais são geralmente formados em comunicação social como jornalismo, publicidade e relações públicas, mas é importante que esses profissionais busquem complementar a formação com especializações como marketing digital.

Depois de conhecer todas essas novas profissões, conte pra gente: você já escolheu qual carreira seguir nos próximos anos? 

QUERO SER PRÓ!


Leia mais:

ENEM: Como estar preparado para qualquer tema de redação 

ENEM: 11 dicas de interpretação de texto 

Como lidar com a pressão dos pais nos estudos?

Está difícil passar em Medicina? Veja como o cursinho do Pró pode te ajudar!

Como utilizar a nota do ENEM para estudar em Portugal 

19 filmes e séries para estudar para o vestibular


Like it? Share with your friends!

0

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win