7 dicas para estudar matérias de humanas

Preparamos dicas essenciais para ajudar você a estudar matérias de humanas!

Muitas vezes nos focamos em estudar física, química e matemática para o vestibular. São disciplinas famosas por despertar medo nos alunos. Mas você já parou para pensar na complexidade das ciências humanas? Estudar história é estudar desde a Pré-História, ou seja, desde os tempos antes da escrita. Estudar Geografia abrange desde relevo, climatologia, até os temas de atualidades, que influenciam diretamente na forma como as pessoas se comportam e atuam socialmente. Filosofia e Sociologia, mesmo esquecidas em alguns programas de cursos pré-vestibulares, perpassa todas as questões do pensamento humano, questões o ser quanto indivíduo, e do ser em comunidade. Resumindo: são conteúdos riquíssimos, densos e que merecem a sua atenção.

 

1) História do Brasil

Resultado de imagem para história brasil

“Meu Deus! Será que tenho que decorar toda a História do Brasil, desde 1500 até hoje? ” Amigo, é bom você ter uma boa noção da história do Brasil, não só para o Enem, como para a sua vida quanto brasileiro. No entanto, não se apavore! Estude com mais atenção os temas que implicam diretamente nas questões ainda discutida nos dias de hoje como por exemplo:

  • Escravidão: Esse tema reverbera até hoje, principalmente, pela questão da Visibilidade Negra, da luta pela igualdade do negro em nossa sociedade. Infelizmente, o Brasil é um país que discrimina, desvaloriza e, ainda, marginaliza o povo negro.
  • Era Vargas: Getúlio Vargas foi o presidente brasileiro que ficou mais tempo no poder. Seus governos foram marcados por características como Populismo. Vargas foi quem implementou as Leis Trabalhistas, em voga nos dias de hoje por conta da proposta de reforma de leis voltadas aos trabalhadores.
  • Ditadura Militar: Esse tenebroso período na história do Brasil está sempre em pauta e, dessa vez, voltamos a falar desse período, por conta da ascensão de uma nova onda conservadora que, entre suas militâncias, defende a intervenção militar como uma espécie de “solução para o país”. Vale ressaltar que a Ditadura Militar afeta gravemente a democracia, além de vir acompanhada de outras ações como censura, tortura, ou qualquer outra atitude extrema frente a manifestações (declarações, reportagens, músicas, manifestações populares) que seja de opinião contrária à de quem esteja no poder (no caso, os militares).

 

2) Clima e relevo

Esses assuntos são recorrentes nas provas de Geografia e de Física (sim, você não leu errado). E sabe porque caem tantas questões sobre clima e relevo no Enem? Isso acontece porque o nosso país, como já sabemos, tem dimensões continentais, apresentando os mais variados climas e relevos. O Enem se volta a todas as questões que dizem respeito a nossa formação como cidadãos brasileiros, e os aspectos naturais da nação não ficam de fora. Pelo contrário, a biodiversidade dos nossos ecossistemas atua diretamente em nossas características quanto povo. Basta pensar na figura do sertanejo, ou na figura do paulistano, ou na figura do indígena, ou na figura do carioca. Pensou? Essas personas que constituem nossa sociedade estão ambientadas em diferentes climas e relevos, não é mesmo? Tudo isso faz parte do que chamamos de povo brasileiro.

 

3) Geografia Humana e Atualidades

Como foi comentado anteriormente, a Geografia está presente no Enem desde aspectos naturais a sociais. Esses aspectos sociais fazem parte da Geografia Humana, e vem acompanhado de temas de Atualidades e História. Um assunto que engloba esses três tópicos é o Maio de 68, que completa 50 anos esse ano. Vamos, brevemente, refrescar sua memória sobre esse tema, mas vale a pena desprender um tempinho de suas horas de estudo e ler sobre.

  • Maio de 68: Iniciou na França, como manifestações estudantis reivindicando reformas no setor educacional. O movimento foi ganhando força tornando-se uma onda de protestos mundo afora, inclusive aqui no Brasil. Na França, a manifestação ganhou a adesão de operários, tornando-se também uma greve de trabalhadores. Esse movimento balançou o governo do presidente Charles De Gaulle. O Maio de 68 entrou para história como a maior greve geral da Europa, com a participação de cerca de 9 milhões de pessoas.

Resultado de imagem para maio de 68

 

4) Filosofia Clássica

Sócrates, Platão e Aristóteles, não são apenas nomes referência na área da Filosofia. Eles são considerados (e de fato são) os pilares do pensamento humano. Vamos relembrar um pouquinho: o centro das atenções tanto dos sofistas como de Sócrates, Platão e Aristóteles volta-se para o homem e suas relações. Ainda hoje a cultura e o saber ocidental derivam dos saberes da filosofia grega, do período clássico: quando falamos em corpo-alma estamos nos referindo a conceitos originários de Platão. Quando pretendemos maior clareza de nosso interlocutor, e para isso lhe fazemos uma série de questionamentos, estamos nos referindo a Sócrates. Quando falamos em lógica, organização e sistematização de conhecimentos, estamos aplicando uma metodologia aristotélica. Ou seja, questões que se fazem presentes e atuais em nosso contexto.

 

5) Direitos humanos

Como você já deve saber, os Direitos Humanos fazem parte dos critérios de avaliação da Redação Enem, no entanto, não é só na Redação que você deve estar atento aos Direitos Humanos. Segundo a ONU, Organização das Nações Unidas, Diretos Humanos: “são direitos inerentes a todos os seres humanos, independentemente de raça, sexo, nacionalidade, etnia, idioma, religião ou qualquer outra condição. ”. Pode parecer básico, porém, nem sempre o aluno tem claro esse conceito e esquece de mensurar suas ideias pautado nesses direitos. Para saber mais, recomendamos uma visitinha ao site da ONU.

Imagem relacionada

  • Atenção: Alguns assuntos que podem ser abordados dentro dessa questão dos Direitos Humanos são: igualdade de gênero, discriminação racial, e orientação sexual.

 

6) Qual o melhor material para se preparar para a prova de ciências humanas e suas tecnologias?

Essa é uma pergunta bem válida, pois os guias escolares, como livros didáticos e apostilas, não dão conta de abordar esses temas com profundidade e, principalmente, com a atualidade que os assuntos das áreas de humanas exigem. Por isso, o ideal é que você busque outras maneiras para se informar e aprofundar os temas. É indispensável que você acompanhe periódicos semanais, como revistas, e que esteja sempre de olho nos telejornais e portais de notícias. Seria interessante separar uma série de filmes e documentários que abordem os temas estanques.

 

7) Como fazer um roteiro de estudos para Enem?

Planejamento é fundamental! Faça um cronograma com horários e rotina de estudos, dividindo seu tempo entre disciplinas e pequenas pausas (para dar aquele repouso na mente, fazer pequenas refeições, etc.). Deste modo, você encontra um jeito equilibrado para se dedicar aos estudos de todas as matérias, sem se sobrecarregar. Seja disciplinado e leal consigo. De nada adianta montar uma super planilha de horários e não levar ela a sério.

 

Último lembrete!

Na prova do Enem, a área de Ciências Humanas e suas tecnologias compreende em 45 questões abordando matérias de história, geografia, filosofia e sociologia. Como sabemos, o Enem costuma trabalhar com interdisciplinaridade, ou seja, os temas de diferentes matérias se cruzam e conversam entre si. Quando estiver estudando, busque fazer essas relações entre os conteúdos. De nada adianta você apenas ficar decorando dados, é necessário desenvolver um pensamento crítico sobre esses conteúdos. Bons estudos, estamos com você!

 

LEIA MAIS:

Não gosto de exatas, e agora?

Como estudar atualidades para o vestibular?

7 assuntos de atualidades para ficar ligado em 2018!


Já conhece nosso cursinho online? Nele você encontra videoaulas exclusivas dos assuntos mais recorrentes na prova do Enem, e o melhor: o cadastro é gratuito!

QUERO SER PRÓ!